Relações diplomáticasRelações económicasRelações jurídicasVistos Gold são cada vez mais procurados pelos habitantes de Hong Kong 

As agências imobiliárias de luxo, em Hong Kong, revelaram que, no mês de junho, a procura de Vistos Gold, em Portugal, aumentou 260%, face ao mesmo período de 2018.
13 de Agosto, 20191435 min

Portugal tem registado um maior número de pedidos de Vistos Gold por parte dos habitantes de Hong Kong, numa altura em que o país vive fortes conflitos políticos. Este ano, Lisboa foi considerada a melhor cidade para os investimentos imobiliários. 

Junho foi o mês que Portugal registou um maior número de pedidos para a autorização de residência no país, conhecidos igualmente como os Vistos Gold ou Vistos Dourados. No primeiro semestre, os resultados foram positivos, com a procura de Hong Kong a aumentar 40.4%, em relação ao ano anterior. 

Binoche Chan, diretora de operações da List Sotheby´s, revelou, em entrevista ao jornal South China Morning Post, que “temos notado mais pedidos de informação sobre propriedades em Portugal por parte de compradores de Hong Kong, nos últimos meses. Muitos vêem a residência portuguesa como uma opção alternativa na Europa”. 

Este ano, registou-se um maior número de inquéritos de cidadania provenientes de Hong Kong. Desde 2016, que o número de pedidos para autorização de residência em Portugal não eram tão altos. 

“Em Hong Kong, a maioria das pessoas com alto património líquido está a decidir agora que precisa de um plano de reserva e uma residência no exterior, caso precisem sair rapidamente da cidade”, acrescentou a directora. Este fenómeno prende-se com o facto de estar em activo as elevadas tensões políticas no país, com a crise política a ser a mais grave desde 1997. Na altura, devido à transferência de soberania do Reino Unido para a China.

Um dos motivos que faz com que Portugal seja cada vez mais procurado, tem a ver com o facto dos requisitos para obter a residência “serem relativamente baixos, se formos a comparar com outros destinos europeus”. Neste momento, Portugal e Grécia são os dois países europeus mais procurados pelos habitantes de Hong Kong para residir. 

Desde 2012, os capitais investidos para as autorizações de residência em Portugal já ascenderam os 459 milhões de euros, sendo que foram atribuídos, até ao momento, 7.738 vistos. Por entre as nacionalidades, a população chinesa lidera, com mais de quatro mil vistos a serem promulgados. 

Este ano, a cidade de Lisboa foi considerada, pela consultora Price WaterhouseCoopers, como a melhor cidade para os investimentos imobiliários e também como uma das principais cidades europeias com maiores perspectivas de desenvolvimento. 

 

Notícia relacionada: Portugal concedeu 4291 Vistos Gold à comunidade chinesa

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *