NegóciosEconomiaExportaçãoUvas portuguesas chegam à China 

Acordo permite que Portugal exporte uvas para o mercado chinês. 
23 de Setembro, 20191164 min

O Ministério da Agricultura anunciou, em comunicado, a assinatura do acordo fitossanitário com a China. O objectivo é exportar uvas produzidas em Portugal para o mercado chinês.

Passado todo o processo de negociações, técnicas e diplomáticas, o Ministério da Agricultura revelou “a abertura do mercado chinês à exportação de uva de mesa produzida em Portugal”, tornando-se, assim, na primeira fruta portuguesa a ser exportada para a China. 

“Trata-se do primeiro acordo fitossanitário conseguido com as autoridades chinesas, abrindo mais uma oportunidade de crescimento para o sector hortofrutícola nacional”, disse o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira. No comunicado, sublinha-se, ainda, que tal exportação só será feita, caso sejam cumpridos todos os requisitos acordados entre as autoridades fitossanitárias nacionais e chinesas. 

O acordo será “uma oportunidade de crescimento para o sector hortofrutícola nacional em países estrangeiros”.

Este é um sector que tem vindo a registar um crescimento notório e consistente. Prova disso, são os resultados registados até julho deste ano, onde as exportações ultrapassaram os 900 milhões de euros, valor que corresponde a um crescimento de 11%, face ao mesmo período do ano passado. 

Para o secretário, o mercado chinês é, hoje, “um mercado de extrema exigência, mas de uma dimensão relevantíssima, capaz de fazer a diferença para muitos produtos nacionais”. Por essa razão, para que este acordo fosse possível, foi necessário elaborar uma “estratégia de negociação consistente, assente em elevados padrões de qualidade e numa diplomacia dinâmica e com grande capacidade de resposta”.  

Relativamente à assinatura do acordo, o Ministério da Agricultura assume-se optimista e espera abrir o mercado a novos produtos, os citrinos, pêras e maçãs são algumas frutas que estão a ser equacionadas pelo ministério para serem exportadas, ainda este ano, para a China. 

Exportações e importações entre Portugal e China em crescimento.

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *