CulturaMúsicaConcerto da Orquestra Filarmónica da China este domingo

O espectáculo realiza-se às 17 horas, na Aula Magna, na Reitoria da Universidade de Lisboa. 
17 de Outubro, 2019434 min

Como forma de comemorar os 40 anos do Estabelecimento das Relações Diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China, o Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa organizou um concerto único e gratuito da Orquestra Filarmónica de Macau que terá Huang Yi no papel de maestro, um dos mais icónicos maestros chineses. 

O maestro nasceu a 1986 e estudou no Conservatório Central de Pequim com professores de renome, como Yang Li e Yu Feng. Em 2011, decidiu ir estudar para a Alemanha, para o Musik Hanns Eisler Berlin. Atualmente, Huang Yi lidera a Orquestra Sinfónica da Companhia Nacional de Bailado da China e a Orquestra Sinfónica Kunming Nie´er. 

A Orquestra Filarmónica da China foi fundada a 25 de maio de 2000, em Pequim. O primeiro concerto do grupo ocorreu alguns meses depois, a 16 de dezembro desse ano. Esta orquestra é considerada “uma das mais aclamadas orquestras asiáticas e a mais reconhecida embaixadora da música chinesa no contexto global”, lê-se no comunicado disponibilizado pela organização. Esta, é uma das orquestras sinfónicas mais jovens e dinâmicas da China e “criou o seu próprio estilo através de amplo envolvimento artístico. É apontada como um exemplo do potencial de renovação cultural e do boom económico chinês”. O grupo é liderado pelo reconhecido maestro Long Fu.

Esta, será a primeira vez que o grupo musical acua num palco português. Depois de Portugal, a Orquestra Filarmónica da China ruma a Atenas e a Madrid e depois regressa a casa. 

Para além do concerto da orquestra, o público será presenteado com a atuação do pianista Tony Siqi Yun, um músico apelidado como “um verdadeiro poeta galardoado com a medalha de ouro da China International Music Competition. Yun já possui um currículo invejável, tendo já acompanhado várias orquestras famosas, como a Philadelphia Orchestra e a Cleveland Orchestra, por todo o mundo.

Para os entusiastas musicais, este concerto é imperdível. Realiza-se já no próximo domingo, dia 20 de outubro, pelas 17 horas,na Aula Magna, na Reitoria da Universidade de Lisboa. A entrada é livre, embora limitada aos 1584 lugares disponíveis. 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *