EconomiaPortugal recebe 200 mil turistas chineses nos primeiros seis meses do ano

Um aumento de quase 20% face ao mesmo período de 2018.
2 de Setembro, 20191633 min

Filipe Silva, administrador do Turismo de Portugal, revelou, na inauguração da ligação aérea directa entre Portugal e a China, em Lisboa, que Portugal recebeu, até junho, “cerca de 200 mil hóspedes e 300 mil dormidas”, um aumento de 18,4%, face a 2018.

Quanto às estadias, essas fixaram-se entre as três e as sete noites, com os turistas a virem, maioritariamente, em grupos. 

Património, cultura, gastronomia e compras de luxo são os factores que fazem com que Portugal seja escolhido como o destino para passar férias.  

Nos últimos anos, temos assistido ao fenómeno do turista chinês que vem a Portugal com um único objetivo, comprar nas principais lojas mundialmente reconhecidas. “Portugal está cada vez mais capacitado, não só na oferta de compras adaptadas ao turista chinês, mas também nas próprias condições em termos de “TaxFree”, que é um elemento que valorizam bastante”, cita a Lusa. 

Até ao final do ano, o Turismo de Portugal espera “aumentar a estadia média do turista chinês em Portugal, quer do ponto de vista gastronómico, quer do ponto de vista cultural”. Para que isso aconteça, a organização tem apostado num investimento promocional, em especial no marketing digital, para conseguir captar o interesse do mercado chinês pelo país. 

Portugal, em 2018, recebeu 315 mil turistas, um número que Filipe Silva prevê ultrapassar até ao final do ano, com a nova ligação aérea. Ligação essa que foi inaugurada no passado dia 31, em Lisboa, num voo que aterrou em Lisboa e que trouxe 202. No regresso à China, o avião transportou 177 passageiros. 

 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *