NegóciosCooperaçãoExportaçãoImportaçãoNova Câmara de Comércio Luso-Chinesa pretende apoiar negócios nesta fase de crise

A cerimónia de tomada de posse decorreu esta manhã em Condeixa e contou com a presença de todos os corpos sociais. 
10 de Junho, 20203416 min

“A Câmara de Comércio Portugal-China, PME (CCPC-PME) é uma oportunidade para trazer mais negócios nesta fase de crise para empresas chinesas, mas também para empresas portuguesas”, revelou Y Ping Chow ao Ni Hao Portugal esta manhã na cerimónia de tomada de posse dos corpos sociais em Condeixa-a-Nova.

Para o presidente da CCPC-PME, a missão desta câmara será orientada totalmente para as pequenas e médias empresas. “Vamos constituir uma empresa, na China, para ajudar as PME portuguesas a entrar no mercado”. 

Y Ping Chow, presidente executivo da CCPC-PME

Relativamente a medidas, Chow pretende “começar a contactar com entidades oficiais chinesas para lhes dar a conhecer os nossos projectos. Vamos tentar criar protocolos com as associações empresariais ou para câmaras de comércio de outro país, para criar uma base de trabalho. Depois, vamos tentar criar uma plataforma de venda online da China e estamos também a tentar um fundo de investimento para poder investir no agroalimentar e no turismo. 

Com a sede em Condeixa-a-Nova, a nova Câmara vai dispor de duas delegações em Portugal, Lisboa e Porto, e ainda em sete províncias chinesas, nomeadamente Henan Hainan e Shangdong. 

A sede em Condeixa “é porque nós não queríamos deixar de dar o apoio ao centro, é uma região mais favorável e gostaríamos de trabalhar no centro para poder apoiar essas empresas portuguesas. Vamos ter o centro como base e Lisboa e o Porto terão delegações, assim como sete províncias chinesas. Lá, já temos parceiros e vamos tentar criar um tribunal de intervenção arbitral”. “A escolha de Condeixa para sede desta importante organização vinha sendo dialogada entre a Câmara Municipal e os líderes da CCPC-PME, tendo contribuído para a decisão a localização central da vila no todo nacional e as condições proporcionadas para o seu funcionamento”, acrescenta. 

O Conselho Executivo da nova Câmara é constituído por Y Ping Chow (presidente da Liga dos Chineses em Portugal e representante da Comunidade Chinesa no Alto Comissariado da Migração) e o Conselho Estratégico por Bian Fang (CEO do Bison Bank, entidade financeira de capital chinês que opera em Portugal).

Os corpos sociais e alguns convidados da cerimónia de tomada de posse em Condeixa-a-Nova

Nas estruturas da organização constam nomes como Jorge Costa Oliveira (ex-secretário de Estado da Internacionalização), Jorge Portugal (ex-conselheiro do Presidente da República), António Gameiro (deputado do PS), Afonso Camões (administrador do grupo Global Media), Telmo Pinto (director executivo da Comunidade de Tâmega e Sousa), Júlio Pereira (juiz-conselheiro, ex-director do SIS), José Cesário (deputado do PSD), Vitalino Canas (advogado e ex-deputado do PS), Montalvão Machado (advogado e ex-secretário de Estado do PSD), Carlos Pinto (empresário e ex-autarca da Covilhã).

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *