CulturaSem CategoriaLançamento do livro “Viagem a Macau – Uma Relíquia de Portugal no Oriente”

Mais do que a apresentação da obra, o evento foi uma homenagem prestada pelos amigos ao escritor Vasco Callixto. 
22 de Outubro, 2019495 min

Decorreu no passado dia 16 de Outubro, no Salão Nobre do Palácio da Independência a apresentação do livro “Viagem a Macau – Uma Relíquia de Portugal no Oriente”, de Vasco Callixto. Trata-se de um livro que recorda a viagem do autor pela primeira vez a Macau, em 1977. No ano seguinte, este livro foi publicado e, nos últimos meses deste ano, sofreu algumas alterações pelas mãos do Instituto Internacional de Macau (IIM). 

Na apresentação, estiveram presentes vários convidados que quiseram fazer uma homenagem ao jornalista e escritor de turismo. Cerca de 50 pessoas compareceram. Destaque para a presença de algumas figuras importantes na história de Macau, como o Dr. Jorge Rangel, o General Batista Pereira e o General Garcia Leandro, amigos do escritor. 

 

Macau Macau Macau Macau Macau Macau

Na iniciativa organizada pelo IIM,  os amigos de Vasco Callixto, que juntamente com ele ficam para sempre na história de Macau, decidiram prestar uma homenagem ao seu fiel amigo, relembrando a vida do escritor. 

Vasco Callixto nasceu a 12 de janeiro de 1925 na Amadora. É jornalista e escritor de turismo, tendo-se especializado na área do automobilismo, ligado ao desporto automóvel e à história da aviação em Portugal. 

Tem cerca de 50 livros publicados. Iniciou a sua arte pela escrita em 1965, com a obra “Pelas Estradas da Europa”. Desde então, tem publicado obras atrás de obras. Mas, não só dos livros de viagens se constrói a sua biografia literária. 

Quanto às suas especializações, em 1967, Vasco Callixto escreveu “As Rodas da Capital” relatando a história dos meios de transporte na cidade de Lisboa à época. Quanto ao automobilismo, a investigação teve início com a obra publicada quatro anos mais tarde com “Primeiro Arranque” e, mais recentemente, com “Desporto Automóvel – 1957 a 2007 – 50 Anos de Memórias”. Já no que diz respeito à história da aviação, destaca-se “A Aviação na Amadora”, em 1974, “Plácido de Abreu, um Meteoro Aeronáutico”, em 1985, e “Os Primeiros Aviadores Portugueses em Macau”, a 1999. 

O livro, agora reeditado, já se encontra disponível em várias livrarias do país e promete ser novamente um sucesso, relembrando o que era Macau em 1977. 

 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *