NegóciosForam investidos 496,7 milhões até agosto em Vistos Gold

De acordo com os últimos dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), foram atribuídos 915 vistos gold nos primeiros oito meses do ano. 
8 de Setembro, 2020784 min

 

 

 

O investimento captado através da atribuição de vistos gold ultrapassou os 496,7 milhões de euros nos primeiros oito meses do ano, entre janeiro e agosto. Trata-se de um montante 10,1% inferior face ao verificado. 

Do total das concessões de vistos gold em agosto, a China continua a ser o maior investidor, com  36 Vistos Gold concedidos. Logo depois, o Brasil com 12 do Brasil, 10 da Rússia, oito de África do Sul e sete dos Estados Unidos.

Segundo o Dinheiro Vivo, foram concedidas até agosto 915 Autorizações de Residência para Investimento (ARI) – também conhecidas como vistos gold –, das quais 849 na sequência da aquisição de imóveis. 

A compra de casas gerou um investimento de 449,3 milhões de euros neste período, menos 8,1% que no período homólogo (489 milhões de euros).

Por transferência de capitais foram atribuídas 66 vistos gold nos primeiros oito meses deste ano, que correspondem a um investimento de 47,3 milhões de euros, menos 26% (64 milhões) que em igual período de 2019. 

Em termos mensais, em agosto, o investimento captado situou-se nos 57,6 milhões de euros, representando uma quebra de 30,1% face aos 82,5 milhões gerados no mesmo mês do ano passado. 

A aquisição de imóveis valeu 97 vistos gold, a que correspondeu um investimento de 50,1 milhões (menos 34% que em agosto de 2019). 

Em agosto, foram ainda atribuídos 10 vistos gold por transferência de capitais, que atingiram os 7,5 milhões, um aumento de 16,3% face a agosto de 2019. 

Desde o início deste regime, que arrancou em outubro de 2012, foram concedidos 9.122 vistos gold, que originaram um investimento global de 5,494 mil milhões de euros. Só através da compra de imóveis – têm de custar pelo menos 500.000 euros – foram captados 4,958 mil milhões de investimentos, que se traduziram em 8.584 vistos. 

Já a transferência de capitais foi responsável pela atribuição de 521 vistos, por um investimento de 530,1 milhões. 

 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *