CulturaAgendaPrazeres da vida ao ar livre num mundo de porcelana

Visita guiada à exposição “Um mundo de porcelana Chinesa” -  A Antiga Colecção Cunha Alves, no Museu do Oriente, em Lisboa. Dia 27 de setembro, a partir das 19 horas.
8 de Setembro, 20191375 min

No âmbito das Jornadas Europeias do Património  2019, sob o tema  “Artes Património Lazer”, o Museu do Oriente propõe,  no dia 27 Setembro, das  19 horas às 20 horas, uma visita gratuita à exposição “Um mundo de porcelana Chinesa” –  A Antiga Colecção Cunha Alves.

Porcelana

Expostas no Museu do Oriente, pela primeira vez e de forma permanente, estão, desde Maio de 2019, 130 peças de porcelana chinesa de exportação, decoradas com cenas europeias e datadas dos séculos XVII a XIX. Esta selecção é parte de uma colecção com mais de 200 peças – a Antiga Colecção Cunha Alves – adquirida pela Fundação Oriente no ano de 2018. A aquisição da “Antiga Colecção Cunha Alves” constitui assim um importante marco nas aquisições que visam fazer do Museu do Oriente uma instituição de referência no panorama das artes decorativas em geral e da porcelana chinesa de exportação para o mercado ocidental, em particular.

Trata-se de um conjunto expressivo de peças que, pela sua raridade, qualidade e quantidade, constitui um dos mais valiosos núcleos de porcelana chinesa de encomenda no contexto nacional.

Agrupado segundo temáticas tão diversas como “Expansão da fé cristã”, “Os deuses do Olimpo”, “Prazeres da vida ao ar livre”, a música, dança e poesia, temas satíricos, anedóticos e históricos, ou o erotismo, galanteios e vaidades, entre outros, este conjunto resulta de encomendas inspiradas em diferentes fontes iconográficas europeias, tais como desenhos, gravuras e pequenas pinturas a óleo tendo por base modelos (formas) em prata, faiança, porcelana, estanho e madeira. Estes eram enviados para serem copiados pelos artesãos chineses, resultando em coloridas representações a azul e branco sob o vidrado, ou esmaltes da “família rosa”, grisaille, preto e sépia sobre o vidrado.

Inscrições | https://bit.ly/2jWUHW2

 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *