EconomiaExportaçãoChina aumenta exportações para Portugal

Foi o único país que aumentou as suas exportações para Portugal durante a Covid-19. 
13 de Julho, 20206223 min

Durante a pandemia provocada pela Covid-19, apenas a China conseguiu aumentar o valor das exportações que fez para Portugal. As boas relações entre ambos os países poderá justificar este aumento. 

De março a maio, “apenas a China registou um aumento, devido aos bens de consumo, essencialmente pela importação de material de protecção individual (maioritariamente máscaras”, revela o último estudo revelado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

Fazendo as contas, “mais 4% no conjunto dos meses de março, abril e maio, valor que sobe para 5,1% nesse último mês em análise – o primeiro depois do estado de emergência e no início do processo de desconfinamento”, lê-se no documento. 

Além dos números, o INE revela que este aumento está relacionado com a compra ao estrangeiro de bens de consumo, “essencialmente pela importação de material de proteção individual, maioritariamente máscaras”. 

Em termos globais, as exportações e importações em Portugal diminuíram 39% e 40,2% durante esses três meses em estudo. “Portugal vendeu e comprou muito menos ao estrangeiro nestes meses sendo que no ponto das compras a China é, de facto, a exceção”. 

Durante os três meses, Portugal importou para a China bens no valor de 716 milhões de euros, mais 27 milhões que no mesmo período do ano anterior. 

“Pelo contrário, aquilo que o país comprou aos países da União Europeia caiu 32,3%, nomeadamente -55,3% à França, -36,5% à Alemanha, -31,9% ao Reino Unido e -26,8% à Espanha […] Entre os principais parceiros económicos mais distantes, as importações dos EUA caíram 52,2% e as da Rússia 75,2%”. 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Posts Relacionados