Covid-19SaúdeAssociação chinesa doa 8 mil máscaras ao município de Loulé

Máscaras vão contribuir para que os funcionários da autarquia retomem trabalho presencial em segurança.
25 de Maio, 20201795 min

Oito mil máscaras descartáveis (tipo cirúrgicas) foram doadas pela Associação União Geral Popular da China em Portugal ao município de Loulé, que vão contribuir para o processo de retoma dos funcionários» da autarquia ao regime de trabalho presencial.

Segundo revelou este sábado, 23 de maio, a autarquia louletana, essas máscaras constituem um material que “contribuirá para o processo de retoma dos funcionários desta entidade camarária que prevê reduzir, aos poucos e segundo as regras estabelecidas pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), o número de funcionários em regime de tele-trabalho, já no início do mês de junho, quando forem criadas as condições de segurança necessárias”.

Autarca de Loulé agradece generosidade da Associação União Geral Popular da China 

Em nota enviada à comunicação social, assinada por Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, a autarquia agradece «publicamente à Associação União Geral Popular da China em Portugal a doação de 8.000 máscaras descartáveis (tipo cirúrgicas)», «numa altura em que o país se encontra em processo de desconfinamento progressivo, em que o uso de máscara se afigura essencial para o prosseguimento das atividades quotidianas das pessoas, nomeadamente no que diz respeito à retoma do trabalho presencial dos serviços». 

O Presidente da Câmara de Loulé, fez saber que ao longo das últimas semanas, a autarquia “tem testemunhado diversas iniciativas e gestos de solidariedade vindos de muitos organismos públicos e privados, assim como de voluntários anónimos que se disponibilizaram para apoiar a população e as entidades locais na prevenção da COVID-19”.

Para Vítor Aleixo, a participação e o empenho de todos “tem sido fundamental” para prevenir a propagação da doença e para combater os problemas sociais e económicos resultantes da mesma.

Nesta altura em que o uso de máscara “se afigura essencial” para o prosseguimento das atividades quotidianas das pessoas, nomeadamente no que diz respeito à retoma do trabalho presencial dos serviços, o autarca em nome da Câmara Municipal de Loulé, agradece à Associação União Geral Popular da China em Portugal a doação de 8.000 máscaras descartáveis (tipo cirúrgicas).

Segundo o autarca, o material irá contribuir para o processo de retoma dos funcionários da Câmara, que prevê reduzir, aos poucos e segundo as regras estabelecidas pela DGS, o número de funcionários em regime de trabalhoso, já no início do mês de junho, “quando forem criadas as condições de segurança necessárias”, conclui.

«Deste modo, fica, desde já, e em nome de todos os funcionários que irão beneficiar do material doado, o nosso muito obrigado pela generosidade da Associação União Geral Popular da China em Portugal», conclui a Câmara de Loulé na nota enviada às redacções. 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *