EconomiaMundoNegóciosRelações diplomáticasRelações económicasRelações jurídicasAirbus vende 300 aviões à China por 30 mil milhões de euros

Acordo coincide com a visita do Presidente chinês, Xi Jinping a França e iguala um recorde alcançado pela rival americana Boeing, revela a agência de notícias Reuters
26 de Março, 2019605 min

Durante a visita do Presidente chinês, Xi Jinping, a França, a Airbus anunciou uma encomenda de 300 aviões para a China.

O acordo é para 290 modelos A320 e 10 aeronaves A350, num negócio que dá continuidade ao aumento da procura chinesa por aviões da construtora europeia. Em comunicado, a empresa fala num crescimento muito rápido do mercado da aviação chinesa para voos “domésticos, low cost, regionais e internacionais de longo curso”.

Estima-se que o negócio, que faz parte de um pacote de acordos comerciais assinados entre a França e China, esteja na ordem dos 35 mil milhões de dólares (cerca de 31 mil milhões de euros). Em cima da mesa estão outros negócios, que abrangem o sector das energias renováveis, a navegação e serviços bancários, bem como a intenção de Pequim em suspender o embargo às aves francesas.

A visita de Xi Jinping foi também a ocasião para falar de comércio internacional, num contexto de tensão sobre os investimentos de Pequim no continente europeu, mas também sobre as relações do país asiático com os Estados Unidos. Já o presidente francês pediu uma “forte parceria Europa-China”, acrescentando que isso deve ser baseado no “multilateralismo forte” e no comércio “justo e equilibrado”.

 

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *