NegóciosAcordo comercial entre China e União Europeia abrange Portugal

Vinho do Porto integra lista de 100 produtos alimentares europeus e o mesmo número de produtos chineses.
23 de Julho, 20205413 min

O Conselho Europeu reuniu-se no início desta semana para assinar uma série de acordos entre a China e a União Europeia na Indústria Agro-alimentar. O acordo abrange cinco indústrias em Portugal. 

Nesta quinta-feira, 23 de julho, soube-se que “o Conselho Europeu aprovou um acordo com a China sobre indicações geográficas protegidas para produtos agrícolas, alimentos e vinhos, para defender denominações de origem de ambas as partes”, cita a Plataforma MacauHub do comunicado enviado pelo Conselho Europeu.  

Apresentado como o primeiro acordo comercial bilateral significativo assinado entre a União Europeia e a China, o acordo assegurará que 100 indicações geográficas do sector agroalimentar europeu passem a ser protegidas no mercado chinês, sublinha o Conselho Europeu em comunicado.

Além da União Europeia, serão também protegidos 100 tipos de produtos chineses serão protegidos na União Europeia, incluindo chás como o Pu’er e bebidas alcoólicas como o licor de arroz ‘baijiu’ Moutai.

Quanto a Portugal, o acordo assinado abrange cinco regiões de Portugal, representantes de cinco diferentes vinhos portugueses: Alentejo, Dão, Douro, vinho do Porto e vinho verde. Além dos vinhos, a pêra-rocha do Oeste está também incluída no documento. 

O Conselho Europeu adiantou ainda que quatro anos após a entrada em vigor, o acordo será alargado a mais 175 denominações, “existindo um mecanismo que permitir a inclusão de mais indicações geográficas no futuro”. 

Para que entre em vigor, o próximo passo passa pela assinatura de ambas as partes para posteriormente ser aprovado pelo Parlamento. Só depois disso, entrará oficialmente em vigor.

Deixa uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Posts Relacionados